RITO  DA 

    UNÇÃO  DOS   ENFERMOS

1. ACOLHIDA

Cel.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. 

Todos

Amém.

Cel.

A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco!

Todos

Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

2. ATO PENITENCIAL

Cel.

Caríssimos irmãos, nosso Senhor Jesus Cristo, a quem, no Evangelho, os doentes acorrem implorando a cura, e que tanto sofreu por nosso amor, encontra-se aqui no meio de nós. Nós estamos aqui reunidos em nome dEle. Vamos ouvir aquilo que o apóstolo Tiago nos diz: "alguém de vós está doente? Chame o padre da igreja, para que ore sobre ele, ungindo-o com o óleo em nome do Senhor. A oração da fé salvará o doente, o Senhor o aliviará; e, se tiver pecado, receberá o perdão". Recomendamos, portanto, nosso(s) irmão(s) enfermo à graça e ao poder de Cristo, para que encontre alivio e salvação.

Todos

Confesso a Deus todo-poderoso e a vós, irmãos, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos anjos e santos, e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, nosso Senhor.

Cel.

Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

Todos

Amém.

3. EVANGELHO

Cel.

Boa notícia de Jesus Cristo contada por Mateus (8, 5 – 13).

Leitor

"Entrando Jesus em Cafarnaum, aproximou-se dele um soldado, suplicando-lhe e dizendo-lhe: "Senhor, meu servo está de cama, paralítico e sofre muito". E Jesus disse: "vou até lá para curá-lo". Mas o soldado respondeu: "Senhor, eu não sou digno de que entres sob o meu teto; mas dizei uma só palavra, e o meu servo ficará curado". Ao ouvi-lo, Jesus se admirou e disse aos que o seguiam: "na verdade eu vos digo: em ninguém de Israel encontrei tanta fé!". E disse ao soldado: "vai, e seja feito conforme acreditaste". - Palavra da salvação.

Todos

Glória a vós, Senhor.

4. ORAÇÃO DOS FIÉIS

Cel.

Irmãos, oremos com fé, ao Deus todo-poderoso, suplicando a cura e a libertação de todos os nossos males. 

Leitor

Para que o Senhor misericordioso visite este(a) nosso(a) irmão(ã) enfermo(a) e o(a) conforte com a sagrada unção, roguemos ao Senhor.

Todos

Senhor, escutai a nossa prece.

Leitor

Para que o(a) liberte de todo mal, roguemos ao Senhor.

Todos

Senhor, escutai a nossa prece.

Leitor

Para que o(a) liberte de todo pecado e tentação, roguemos ao Senhor.

Todos

Senhor, escutai a nossa prece.

Leitor

Para que conceda vida e salvação a este(a) nosso(a) irmão(ã) a quem impomos as mãos em vosso nome, roguemos ao Senhor.

Todos

Senhor, escutai a nossa prece.

O sacerdote impõe as mãos sobre a cabeça do doente, orando em silêncio.
Em seguida reza-se uma oração de ação de graças

Cel.

Bendito sejais, ó Deus, Pai todo-poderoso, que, por nós e para nossa salvação, enviastes ao mundo o vosso Filho.

Todos

Bendito seja Deus para sempre!

Cel.

Bendito sejais, ó Deus, Filho unigênito, que, assumindo a nossa condição humana, quisestes curar nossas fraquezas.

Todos

Bendito seja Deus para sempre!

Cel.

Bendito sejais, ó Deus, Espírito Santo Paráclito, que socorreis a fraqueza do nosso corpo com vossa força eterna.

Todos

Bendito seja Deus para sempre!

Cel.

Senhor, que o(a) vosso(a) servo(a), ungido(a) na fé por este óleo, possa sentir alívio em suas dores e conforto em sua fraqueza. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. 

Todos

Amém.

O sacerdote unge o enfermo com o santo óleo, na fronte e nas mãos

Cel.

Por esta santa unção e pela sua misericórdia, o Senhor venha em teu auxílio com a graça do Espírito Santo para que, liberto(a) dos teus pecados, Ele te salve e, na sua bondade, alivie os teus sofrimentos.

Todos

Amém.

Estendendo as mãos, o sacerdote reza a oração de exorcismo

Cel.

Curai, redentor nosso, pela graça do Espírito Santo, os sofrimentos deste(a) enfermo(a). Sarai suas feridas, perdoai seus pecados e expulsai para longe dele(a) todos os sofrimentos espirituais e corporais. Concedei-lhe plena saúde de alma e corpo a fim de que, restabelecido(a) pela vossa misericórdia, possa retomar as suas atividades. Vós que sois Deus, com o Pai, na unidade do Espírito Santo.

Todos

Amém.

Todos

Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. 

5. BÊNÇÃO FINAL

Cel.

A todos vós, que aqui estais, abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho + e Espírito Santo. 

Todos

Amém.