MISSA

 NOSSA SENHORA APARECIDA

RITOS INICIAIS

1. MOTIVAÇÃO

Com.

Irmãs e irmãos, sejam todos bem-vindos.  Hoje celebramos a festa de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do nosso Brasil e o dia das nossa queridas crianças. Nossa Senhora Aparecida constitui  um dos cultos marianos mais intensos do mundo. Ela é para nós ,“modelo de esperança e certeza da vitória dos povos pobres e excluídos da terra". A criança é a parábola viva da “pequenez,” é o oposto da “grandeza,” do  “status” e do "privilégio”. Para Cristo, as crianças são pessoas e, como tais, devem ser consideradas. Ele as chama, coloca seus braços ao redor delas e as abençoa, “porque delas é o reino Deus”.  (Mc. 10, 14)

2. CANTO DE ENTRADA: Ave-Maria 

Santa mãe Maria, nesta travessia

cubra-nos teu manto cor de anil.

Guarda nossa vida, mão Aparecida,

santa padroeira do Brasil!

Ave! Maria! Ave! Maria! (bis)

Com amor divino, guarda os peregrinos.

Nesta caminhada para o além.

Dá-lhes companhia, pois também um dia 

foste peregrino de Belém.

Mulher peregrina, força feminina,

a mais importante que existiu

com justiça queres que nossas mulheres

sejam construtora do Brasil.

Com seus passos lentos, enfrentando os ventos.

Quando sopram noutra direção.

Toda a mãe igreja pede que tu sejas

companheira de libertação!

3. ACOLHIDA

Cel.

Iniciemos nossa celebração invocando a santíssima Trindade.

4. CANTO: Deus trino

Em nome do Pai, em nome do Filho, em nome do Espírito Santo, estamos aqui. (bis)
Para louvar e agradecer, bendizer e te adorar, estamos aqui, Senhor, ao teu dispor.
Para louvar e agradecer, bendizer, adorar, te aclamar: Deus trino de amor!

Cel.

A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco.

Todos

Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!

5. ATO PENITENCIAL

Cel.

Deus chamou Maria, mulher simples do povo oprimido, para uma missão. Com isto, Deus mostra que a força dos pequenos pode mudar a face da terra. Olhemos para as nossas vidas: - somos atentos a vontade de Deus para nós? - Como reagimos diante do sofrimento e da opressão do povo pobre? - Acreditamos, apoiamos e participamos das lutas populares?

6. CANTO PENITENCIAL: Senhor que vieste salvar

Senhor, que viestes salvar, os corações arrependidos

Piedade, piedade, piedade de nós

Ó Cristo, que viestes chamar, os pecadores humilhados

Piedade, piedade, piedade de nós

Senhor, que intercedeis por nós, junto a Deus Pai que nos perdoa

Piedade, piedade, piedade de nós

Cel.

Deus, cheio de amor e ternura, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.

Todos

Amém!

7. CANTO DE LOUVOR: Glória a Deus nas alturas

Glória a Deus nas alturas:

 Glória, glória, aleluia!

Glória a Deus, paz na terra:

 Glória, glória aleluia!

Glória, glória nos céus!

 Paz na terra entre os homens. (bis)

Glória a Deus! Glória ao Pai!

Glória a Deus criador, que no Filho tornou-se 

o Senhor Deus da vida!

Glória a Deus! Glória ao Filho! 

Glória a Deus, nosso irmão!

Nos remiu do pecado, nos abriu novo reino!

Glória ao Espírito Santo

Deus nos santifica!

Glória a Deus que nos une, a caminho do Pai!

Glória a Deus uno e santo: 

Pai, Espírito e Filho! 

Glória a Deus uno e trino, glória ao Deus comunhão!

8. OREMOS

Cel.

Oremos pedindo a Deus que nos faça sempre firmes na esperança. Deus eterno e todo-poderoso que elevastes a glória do céu em corpo e alma a imaculada Virgem Maria, mãe do vosso Filho, dai-nos viver atentos às coisas do alto, afim de participarmos da sua glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Todos

Amém.

LITURGIA   DA   PALAVRA

Com.

É pela força da esperança que Maria e todas as comunidades, lutam em defesa de uma vida melhor para nossas crianças.

9. PRIMEIRA LEITURA: Poesia  feita  por  um catequizando - Salmo 45.

10. CANTO DE MEDITAÇÃO: Amar-te mais

Envia teu espírito, Senhor, e renova a face da terra!(bis)

Bendize minh’alma ao Senhor! Senhor, meu Deus, como és tão grande!

Como são numerosas tuas obras, Senhor, a terra está cheia de tuas criaturas. 

Seja ao Senhor eterna glória, alegre-se ele em suas obras!

Que o meu canto ao Senhor seja agradável, é nele que está minha alegria.

11. REZEMOS

Com.

Contemplando Maria, modelo de esperança e ternura.

De alegria vibrei no Senhor, pois vestiu-me com sua justiça.

Adornou-me com jóias bonitas, como esposa do rei me elevou. (bis)

 Princesas são tuas damas, a Mãe-rainha lá está.

Toda de ouro adornada, à sua direita a ousar...

“Escuta , ó filha, atenção! O rei de ti se encantou,

esqueça os teus,  tua casa, adora o rei,  teu Senhor!

Gente importante de longe, vem te homenagear!

Eis a princesa tão linda, vestida de ouro a brilhar.

Em meio as damas de honra ao rei vai se apresentar.

Porque entre grande alegria, vai no palácio entrar.

12. SEGUNDA LEITURA: Livro do Apocalipse  (12, 1 - 5; 13 - 15)

Cel.

Apareceu  um grande sinal no céu: uma Mulher revestida de sol, a lua debaixo dos seus pés, e na cabeça uma coroa de doze estrelas. Ela deu à luz um Filho, um menino, aquele que deve reger todas as nações pagãs com cetro de ferro. Mas seu Filho foi arrebatado para junto de Deus e do seu Trono. Dragão, vendo que fora precipitado na terra, perseguiu a Mulher  que lhe dera à luz o Menino. A serpente vomitou contra a mulher um rio de água, para faze-la submergir. Aterra porém acudiu a Mulher, abrindo a boca para engolir o rio que o Dragão vomitara. - Palavras do Senhor.

Todos

Graças a Deus !

13. CANTO DE ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO: Buscai primeiro

Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça

e tudo o mais vos será acrescentado, aleluia, aleluia.

Não só de pão o homem viverá, mas de toda palavra

que procede da boca de Deus, aleluia, aleluia.

Se vos perseguem por causa de mim, não esqueçais o porque,

não é o servo maior que o Senhor, aleluia, aleluia.

14. EVANGELHO

Cel.

O Senhor esteja convosco.

Todos

Ele está no meio de nós.

Cel.

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo João (2 , 1 - 11).

Todos

Glória a vós, Senhor.

Cel.

“Três dias depois, celebravam-se bodas  em Caná da Galiléia, e achava-se ali a mãe de Jesus. Também foram convidados Jesus e os seus discípulos. Como viesse a faltar vinho, a mãe de Jesus disse-lhe: “eles já não tem vinho.” Disse-lhe Jesus: “mulher, isso nos compete a nós? Minha hora ainda não chegou.” Disse,  então, sua mãe aos serventes: “fazei o que ele vos disser.” Ora achava-se ali seis talhas de pedras para as purificações dos judeus, que continham cada qual duas ou três medidas. Jesus ordena-lhes: "enchei as talhas de água". Eles encheram-nas até em cima. "Tirai agora, e leva ao chefe dos serventes". E levaram.  Logo que o chefe dos serventes provou a água tornada em vinho, não sabendo donde era, chamou o esposo e disse-lhe: "é de costume servir primeiro o vinho bom, e depois, quando os convidados já estão quase embriagados, servir o menos bom. Mas tu guardaste o vinho melhor até agora. Este foi o primeiro milagre de Jesus; manifestou a sua glória, e os seus discípulos creram nele. Depois disso desceu para Cafarnaum, com sua mãe, seus irmãos e seus discípulos; e ali só demoraram poucos dias. - Palavra da salvação.

Todos

Glória a vós, Senhor.

15. HOMILIA

16. PROFISSÃO DE FÉ

137. ORAÇÃO COMUNITÁRIA   

LITURGIA EUCARÍSTICA

18. CANTO DAS OFERTAS: Sabes Senhor

Sabes, Senhor, o que temos é tão pouco pra dar,

mas este pouco, nós queremos com os irmãos compartilhar.

Queremos nesta hora, diante dos irmãos,

comprometer a vida, buscando a união.

Sabemos que é difícil os bens compartilhar,

mas com a tua graça, Senhor, queremos dar.

Olhando teu exemplo, Senhor vamos seguir,

fazendo bem a todos, sem nada exigir!

19. ORAÇÃO

Cel.

Orai, irmãs e irmãos, para que perseverando na luta, cheios de esperança e fé, possamos oferecer um sacrifício aceito por Deus Pai todo-poderoso.

Todos

Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício para a glória do seu nome e de toda santa igreja.

Cel.

Suba até vós, o Deus, o nosso sacrifício, e, pela intercessão da Virgem Maria, elevada ao céu, acendei em nossos corações o desejo de chegar até vós.    Por Cristo Senhor nosso .

Todos

Amém.

20. ORAÇÃO EUCARÍSTICA

Cel.

O Senhor esteja convosco.

Todos

Ele esta no meio de nós.

Cel.

Corações ao alto.

Todos

O nosso coração está em Deus.

Cel.

Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

Todos

É nosso dever e nossa salvação.

Cel.

Na verdade é justo e necessário, é nosso dever e nossa salvação dar-vos graças, sempre e em todo lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo poderoso, por Cristo Senhor nosso. Hoje a Virgem Maria, mãe de Deus, é elevada por todos nós à glória dos céu. Nossa Senhora Aparecida consolo e esperança para vosso povo ainda em caminho, pois preservaste da corrupção da morte aquela que gerou, de modo inefável, vosso próprio Filho feito homem, autor de toda vida. Enquanto esperamos a glória eterna, com os anjos e com os santos, vos aclamamos, jubilosos, cantando a uma só voz.

21. SANTO: O Senhor é santo

O Senhor é santo, ele está aqui. O Senhor é santo, eu posso sentir.

Nas aves do céu, vi que o Senhor é santo,

na planta a florir, vi que o Senhor é santo.

Na fonte a cantar, vi que o Senhor é santo

No irmão a sorrir, vi que o Senhor é santo.

Cel.

Na verdade. Vós sois santo, ó Deus do universo, e tudo o que criastes, proclama o seu louvor, porque, por Jesus Cristo, vosso Filho e  Senhor nosso, e pela força do Espírito Santo, dais vida e santidade a todas as coisas e não cessais de reunir o vosso povo, para que vos ofereça em toda parte, do nascer ao por do sol, um sacrifício perfeito.

Todos

Santificai e reuni o vosso povo!

Cel.

Por isso nós vos suplicamos: santificai pelo Espírito Santo as oferendas que vos apresentamos para serem consagradas, afim de que se tornem o corpo e o sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, que nos mandou celebrar esse mistério.

Todos

Santificai nossa oferenda, ó Senhor.

Cel.

Na noite em que ia ser entregue ele tomou o pão, deu graças e o partiu e o deu aos seus discípulos dizendo: tomai, todos, e comei: isto é meu corpo que será entregue por vós. Do mesmo modo ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos dizendo: tomai, todos e bebei: este é o cálice do meu sangue, da nova e eterna aliança, que será derramado por vós e por todos, para remissão dos pecados. Fazei isto em memória de mim.

Todos

Meu Senhor e meu Deus.

Cel.

Eis o mistério da fé!

Todos

Salvador do mundo, salvai-nos, vós que nos libertastes pela cruz e ressurreição.

Cel.

Celebrando agora, ó Pai, a memória do vosso Filho, da sua paixão que nos salva, da sua gloriosa ressurreição e da sua ascensão ao céu e enquanto esperamos a sua nova vinda, nós vos oferecemos em ação de graças este sacrifício de vida e santidade. Olhai com bondade a oferenda da vossa igreja, reconhecei o sacrifício que nos reconcilia convosco e concedei que, alimentando-nos com corpo e sangue do vosso Filho, sejamos repletos do Espírito Santo e nos tornemos em Cristo um só corpo e um só espírito.

Todos

Fazei de nós um só corpo e um só espírito!

Cel.

Atendei as preces da vossa família que está aqui na vossa presença. Reuni em vós, pai de misericórdia, todos os vossos filhos e filhas dispersos pelo mundo inteiro.

Todos

Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!

Cel.

Acolhei com bondade no vosso reino os nossos irmãos e irmãs que partiram desta vida e todos os que morreram na vossa amizade. Unidos a eles, esperamos também nós saciarmos, por Cristo Senhor nosso.

Todos

A todos saciai com vossa glória!

Cel.

Por ele dais ao mundo todo bem e toda graça. Por Cristo, com Cristo e em Cristo, a vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda honra e toda glória, agora e para sempre.

Todos

Amém.

22. CANTO: Amizade

Amizade sempre existirá,

como a luz do sol,

como o amor de mãe. 

Será como o pão de cada dia ontem, hoje e amanhã!

Eu vos digo amai-vos uns aos outros;

sois todos irmãos,

sois todos cristãos,

e vivendo nesta união,

todos cantarão assim: amizade....

E vivendo agora e sempre

na graça de Deus,

unidos aos irmãos,

seremos nós a luz do mundo

para o Cristo propagar.

23. PAI NOSSO

Todos

Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. 

Cel.

Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudando-nos pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos, enquanto, vivendo a esperança, aguardamos a vinda do Cristo salvador.

Todos

Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre!

24. CANTO DA PAZ: Quero te dar a paz

Quero te dar a paz do meu Senhor com muito amor. (bis)

Na flor vejo manifestar o poder da criação,

nos teus lábios eu vejo estar o sorriso de um irmão.

Toda vez que te abraço e aperto a sua mão,

sinto forte o poder do amor dentro do meu coração.

Deus é pai e nos protege, Cristo é filho e salvação,

Santo Espírito consolador, na Trindade somos irmãos.

Toda vez que te abraço e aperto a sua mão,

sinto forte o poder do amor dentro do meu coração. 

25. CORDEIRO DE DEUS

Todos

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz.

Cel.

Felizes os convidados para a ceia do Senhor! Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo!

Todos

Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma só palavra e serei salvo!

26. CANTO DA COMUNHÃO: Ave sempre bela

Ave, sempre bela, Virgem mão de Deus, do alto-mar estrela,

porta azul do céu. Novas o anjo traz, "Ave"te saúda;

funda-nos na paz, do mundo a história muda.

Quebra e algema aos réus, olha os que estão nus;

dá-nos, mão do céu, do céu a tua luz. Paz aqui na terra, 

dá-nos compreender o que o céu encerra e quer nos dizer.

Mansidão, pureza, Virgem sem igual, 

dá-nos com presteza nos livrar do mal.

Faz Jesus presente, é o caminho certo, 

para a nossa gente ver o céu mais perto.

Ave, sempre bela, Virgem mão de Deus, do alto-mar estrela, 

porta azul do céu. No horizonte imenso, faz-nos ver Jesus e ao mundo tenso traz a tua luz. (Amém)

27. OREMOS

Cel.

Oremos pedindo que o Senhor nos dê força e esperança. Ó Deus que nos alimentaste com o sacramento da salvação, concedei-nos, pela intercessão da Virgem Maria, elevada ao céu, chegar a glória da ressurreição. Por Cristo, nosso Senhor.

Todos

Amém.

28. CANTO DE AÇÃO DE GRAÇA: Senhora d'Aparecida

Senhora d'Aparecida, Maria que apareceu,

com rosto e mão de gente,

gesto de mãe que está presente,

acompanhando os filhos teus.

Senhora d'Aparecida vi tua cor se esparramar

na vida de nossa gente, como um grito de justiça pra teu povo livertar.

Senhora d'Aparecida, Maria da Conceição,

sofrendo miséria e fome,

não temos terra nem salário!

Como é dura a escravidão!

Senhora d'Aparecida, Maria das romarias, 

teu povo anda sem rumo,

vai sem destino procurando

vida e pão e moradia!

Senhora d'Aparecida, Maria da caminhada,

unindo os pequeninos,

rompendo a cerca que nos cerca

e que interrompe a nossa estrada.

Senhora d'Aparecida, Maria, Nossa Senhora,

é luta a nossa história

e a palavra de teu Filho

dá a certeza da vitória.

RITOS   FINAIS

29. AGRADECIMENTOS

30. BENÇÃO FINAL

Cel.

O Senhor esteja convosco.

Todos

Ele está no meio de nós.

Cel.

A paz de Deus que supera todo entendimento, guarde os vossos corações e vossas mentes no conhecimento e no amor de Deus, e de seu Filho, nosso Senhor Jesus Cristo.

Todos

Amém.

Cel.

Abencoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo.

Todos

Amém.

31. CANTO FINAL: Imaculada Maria de Deus

Imaculada Maria de Deus, coração pobre, acolhendo Jesus!

Imaculada Maria do povo, mãe dos aflitos que estão junto à cruz!

Um coração que era sim para a vida, um coração que era sim para o irmão.

Um coração que era sim para Deus, reino de Deus renovando este chão!

Olhos abertos pra sede do povo, passo bem firme que o medo deserta,

mãos estendidas que os tronos renegam, reino de Deus que renova a esta terra!

Faça-se, ó Pai, vossa plena vontade: que os nossos passos se tornem memória do amor fiel que Maria gerou, reino de Deus atuando na história!